Características Gerais

Padrão FCI n. 155
Grupo n. 6, Sabujos e Rastreadores
Tamanho médio; 46 a 55 cm
Peso 16 a 24 Kg
Pelagem moderadamente longa
Agressividade moderada
Aptidão caça (farejador) e guarda
Atividade
Espontânea
muito alta
Área para criação grande
País de Origem Bósnia - Herzergovina

 

Clique para ver

 
Bosanski Ostrodlaki Gonic Barak

Esses cães de fácil convívio, práticos e rústicos descendem dos animais esguios e pernaltas que foram trazidos para os Bálcãs à séculos atrás por mercadores do Mediterrâneo e dos cães hounds nativos da ilha de Paros.
Foi na região montanhosa da Bósnia que esses cães, que caçavam animais como javalis, raposas e lebres, foram desenvolvidos por caçadores do local, que tinham como objetivo a obtenção de uma raça de faro apuradíssimo.
O Sabujo da Bósnia no século XIX era criado especialmente para suportar intempéries e trabalhar nos mais variados tipos de terrenos, sendo hoje praticamente desconhecido fora de sua terra natal.
Em 1965 foi registrado na FCI (Federação Cinológica Internacional) com o nome de Illyrian Hound e depois de algumas mudanças e complementações no padrão, a raça passou a ser conhecida pelo nome atual.

Esse cão é dotado de um faro excepcional e é resistente, persistente, corajoso e de voz sonora e alta. Além de excelente caçador esse sabujo é um bom cão de guarda e convive muito bem com crianças e outros cães, sendo que raramente rosna ou morde.

A pelagem é dupla com subpêlo denso e pêlo longo, duro, eriçado. Na face existe a formação de sobrancelhas e barba.

A cor pode ser castanho claro, castanho avermelhado, cinza, chumbo, sendo que o bicolor e o tricolor também são aceitos.

Na aparência geral o Sabujo da Bósnia é um cão de porte médio, robusto, de expressão séria e severa. O corpo é bem musculado, os membros são fortes, as orelhas de inserção alta são pendentes e a cauda é levemente curvada e portada a ½ altura quando em atividade.

 


Voltar

 


Clique aqui.


Para retornar na sua pesquisa, clique no botão do seu Browser!