Características Gerais

Padrão FCI n. 52
Grupo n. 6, Sabujos e Rastreadores
Tamanho grande; 56 a 66 cm
Peso 25 a 32 Kg
Pelagem curta
Agressividade baixa
Aptidão caça (grossa) e companhia
Atividade
Espontânea
média
Área para criação grande
País de Origem Polônia

 

Clique para ver

 
Ogar Polski

O Sabujo Polonês é um hound que, como a maioria dos hounds europeus, é praticamente desconhecido fora dos limites de sua terra nativa.
A raça lembra muito o tipo de Cão de Santo Humberto, exceto pela cabeça, longas orelhas e excesso de pele que o Santo Humberto possui. Ele está provavelmente relacionado aos cães rastreadores da Alemanha e Áustria.
À séculos atrás ele era muito apreciado pela sua incrível habilidade em rastrear. A 2ª Guerra Mundial praticamente dizimou a raça, mas após a guerra caçadores poloneses encontraram sobreviventes em número suficiente para perpetuar esse cão descomplicado e rústico. Até a 2ª Guerra existiu uma versão menor desse cão conhecido na origem por Gonczy Polski, mas hoje ele é considerado extinto.
Em 1966 o Braco Polonês alcançou o reconhecimento junto ao FCI (Federação Cinológica Internacional).

Esse hound é usado em caça grossa, usando sua voz de tom médio ao se deparar com uma pista recente. Durante a caçada ele se move com um trote constante ou um galope pesado e é muito prezado pela sua perseverança e bela voz, adaptando-se a todos os tipos de terrenos e clima.
O Sabujo Polonês é um cão de espírito generoso, uma boa companhia no lar, determinado, resistente e amigo.

A pelagem é curta, macia e densa.

A cor é dourado e preto, sendo que o preto pode estar em forma de sela.

Na aparência geral o Braco Polonês é um cão de grande porte, pesado, de ossatura forte, boa musculatura, membros fortes e aprumados. O conjunto é bem harmonioso, as orelhas são longas, pendentes e arredondadas na ponta.

 


Voltar

 


Clique aqui.


Para retornar na sua pesquisa, clique no botão do seu Browser!