Características Gerais

Padrão FCI n. 204
Grupo n. 6, Sabujos e Rastreadores
Tamanho médio; M-52 a 57 cm; F-48 a 53 cm
Peso padrão não comenta
Pelagem curta
Agressividade média
Aptidão caça (rastreador)
Atividade
Espontânea
alta
Área para criação grande
País de Origem Espanha

 

Clique para ver

 
Sabueso Español

O Sabujo Espanhol já era conhecido na Idade Média, tendo sido descrito no livro do Rei Afonso XI no século XIV e também por Argote de Molina (1582), entre outros autores.
Este sabujo foi levado para a Espanha pelos Celtas a vários séculos. Foram criados isolados na Península Ibérica e por isso a raça conservou toda a sua pureza.
O Sabujo Espanhol lembra um pouco os Mastifes e foi desenvolvido a partir do mesmo tronco dos Bloodhounds, sendo, provavelmente, descendente do extinto Talbot Hound.
Antigamente eram usados na caça em matilha, mas hoje esses cães são usados principalmente em serviços comunitários de rastreamento.

São perfeitamente adaptados para trabalhar no calor e têm uma energia imensa. A raça necessita de disciplina e treinamento, uma vez que são temperamentais e voluntariosos.
Essas características deram a esse cão a perseverança necessária para seguir espontaneamente pistas frias ou frescas do nascer ao pôr-do-sol.
O Sabujo Espanhol é leal e afetivo com os donos, mas deve ser introduzido a estranhos e crianças com cuidado. Também pode causar problemas com cães que não conhece.
Apesar da raça não ter sido especificamente desenvolvida como cão de guarda, alguns exemplares são muito eficientes nessa função.
Eram encontrados em dois tamanhos diferentes, mas o menor, conhecido por Subueso Español Lebrero, (Sabujo Espanhol Lebrel) está praticamente extinto.

A pelagem é densa, curta, fina e reta cobrindo a totalidade do corpo.

A cor é branco-e-laranja, com predominância de uma ou de outra e distribuídas em marcas irregulares, bem definidas e sem pintas. A cor laranja pode variar do tom claro (limão) até um intenso castanho-avermelhado.

Na aparência geral o Sabujo Espanhol é um cão de porte médio, balanceado, mais comprido do que alto. Ele tem estrutura óssea compacta e membros sólidos. A cabeça é harmoniosa, longa e o olhar é doce, triste e nobre. As orelhas têm inserção baixa e são bem longas. A cauda é grossa na raiz, de comprimento médio, portada baixa quando em descanso e em meia altura e levemente curvada em forma de foice quando em movimento.

 


Voltar

 


Clique aqui.


Para retornar na sua pesquisa, clique no botão do seu Browser!