Características Gerais

Padrão FCI n. 83
Grupo n. 1, Cães Pastores e Boiadeiros (exceto os Suiços)
Tamanho pequeno
Peso a-(3 a 5 Kg); b-(5 a 8 kg)
Pelagem curta e densa
Agressividade moderada
Aptidão caça e companhia
Atividade
Espontânea
moderada
Área para criação pequena
País de Origem Bélgica

 

Clique para ver

 
Schipperke

Esta raça é originária das províncias de Flemish na Bélgica. Segundo o especialista e juiz belga, Sr. Charles Huge, o Schipperke não tem origem nos Spitz ou Pomerâneos. Na verdade ele é um pastor negro em miniatura (Leauvenaar), que era usado para seguir vagões ao longo das ferrovias das províncias. Ele lembra muito o Pastor Belga Negro (Groenendael).
Em meados de século XIX, alguns desses pastores de mais ou menos 18 Kg pastoreavam ovelhas na vizinhança de Louvain e é sabido que deles se originaram tanto o Groenendael como o Schipperke.
A raça era anteriormente chamada de Spits ou Spitske e só em 1888 com a formação do Clube Especializado, a raça passou a ser chamada de Schipperke (pequeno capitão). O Sr. Renssens é conhecido como o pai da raça pelos seus esforços no reconhecimento do Schipperke. Ele era proprietário de uma linha de balsas que fazia a travessia entre Bruxelas e Antuérpia e observou que muitos desses cães eram usados como guardas nesses barcos. Ele passou a ser chamado de Cão Balseiro e era muito popular entre sapateiros e outros trabalhadores na região do canal.
Existe uma lenda que diz que o costume de cortar a cauda surgiu em 1906. Um sapateiro cansado de ver o roubo de seus cães na vizinhança, cortou a cauda de todos eles para que fosse fácil identifica-los. A partir daí, outros começaram a fazer o mesmo.
Na verdade não existem evidências de que o Schipperke em qualquer tempo já nascesse sem cauda. De qualquer maneira é sabido que hoje nascem mais cães anuros que antigamente.
O Schipperke passou a ser moda em 1885 quando a Rainha Marie Henriette esposa de Leopold II viu um Schipperke em uma exposição em Bruxelas e adquiriu um exemplar.

A raça é geralmente muito longeva. O Schipperke é curioso, interessado em tudo a seu redor e um excelente e confiável cão de guarda. É reservado com estranhos e sempre pronto para proteger a família e a propriedade. Ele é também um bom caçador de predadores.

A pelagem é densa, áspera, curta na cabeça, patas e jarretes e mais ainda no corpo. É mais longa no pescoço, entre as patas anteriores e na face posterior das coxas.

A cor é preto puro.

Na aparência geral o Schipperke é um cão de pequeno porte, de perfil quadrado com silhueta um pouco em declive (dos ombros para a garupa) e anuro. A cabeça é semelhante a da raposa com testa larga e afilando para frente. Existem duas variedades da raça segundo o peso: uma de 3 a 5 kg e a outra de 5 a 8 kg.

 


Voltar

 


Clique aqui.


Para retornar na sua pesquisa, clique no botão do seu Browser!