Características Gerais

Padrão FCI n. 126
Grupo n. 8, Retrievers, Levantadores e Dágua
Tamanho 42,5 a 47,5 cm
Peso proporcional à altura sem ser muito leve nem muito pesado
Pelagem longa com franjas
Agressividade moderada
Aptidão caça podendo ser também bom guarda
Atividade
Espontânea
alta ou baixa dependendo do local onde vive
Área para criação adaptável
País de Origem Grã Bretanha

 

Clique para ver

 
Welsh Springer Spaniel

A raça foi desenvolvida no oeste da Inglaterra e principalmente no país de Gales em época incerta e remota, pois se examinarmos gravuras, pinturas e escritos antigos da época em que se desenvolveu o gosto pela caça com cães de tiro, sem dúvida vamos encontrar um Spaniel mediano, lembrando os atuais Welsh Springer. É, portanto, um cão muito antigo e de origem pura.
Um Welsh Springer é um excelente cão d'água e um dos melhores cães de tiro que se pode ter quando bem treinado. Temos que ressaltar que ele necessita de treino ainda novo (até seis meses), pois devido ao seu apuradíssimo faro ele se torna facilmente um caçador solitário.

É um verdadeiro companheiro, bom guarda e geralmente gentil com crianças e outros animais.
Embora para o Welsh Springer a vida no campo como cão de tiro seja o paraíso, ele também pode ser muito feliz vivendo em cidades, onde se adapta com certa facilidade.

Sua pelagem permite que se adapte aos climas extremamente quentes ou frios, faz com que não se machuque facilmente com espinhos e facilita seu trabalho na água, tendo sempre cor vermelha e branca, lisa, uniforme, espessa e de textura sedosa.

Na aparência geral é simétrico, compacto, forte, alegre, ativo e muito resistente tendo a cauda geralmente cortada.

 


Voltar

 


Clique aqui.


Para retornar na sua pesquisa, clique no botão do seu Browser!