Características Gerais

Padrão FCI n. 181
Grupo n. 2, Pinscher, Schnauzer, Molossos e Boiadeiros Suiços
Tamanho 60 a 70 cm
Peso padrão não comenta-proporcional
Pelagem curta
Agressividade mediana controlada
Aptidão guarda e companhia
Atividade
Espontânea
moderada
Área para criação média
País de Origem Alemanha

 

Clique para ver

 
Riesenchnauzer

O Schnauzer Gigante é o maior dos três.Os outros dois são o Miniatura e o Médio (standard) que é o mais antigo.
Pesquisando a história desta raça, devemos lembrar que o desenvolvimento dos cães sempre foi estreitamente ligado às atividades e ocupação humana. Não existiam exposições e quando uma nova raça era produzida, objetivava atender as necessidades específicas do trabalho e condições de vida e tempo em uma região específica.
Todos os Schnauzers tiveram sua origem nas regiões de Weenttemberg e Bavária. Essas eram áreas agrícolas onde a criação de ovelhas, gado e outros, constituía o grande negócio da região. Os pastores necessitavam de cães pastores, guardas e auxiliares na tarefa de conduzir seus rebanhos para os mercados.
Quando o povo da Bavária foi para Stuttgard, eles possuíam Schnauzers de tamanho médio. Gostavam dos cães, mas não estavam satisfeitos com o tamanho. Os pastores de ovelhas podiam usar este tamanho de cão, mas vaqueiros necessitavam de um animal de maior porte.
A solução encontrada foi o cruzamento desses Schnauzers (médios) com cães grandes usados por alguns vaqueiros da região para levar o gado de um local a outro. Mais tarde ocorreram cruzamentos com Sheepdogs e bem mais adiante com o Dogue Alemão (Dinamarquês) Preto e existem razões para se acreditar que haja uma relação entre o Schnauzer Gigante e o Bouvier des Flandres, que também eram usados no transporte de rebanhos.
Os Gigantes era praticamente desconhecido fora da região da Bavária até a primeira década do Século XX e mostrou ser tão inteligente que, logo depois da Primeira Guerra Mundial, passou a ser largamente utilizado pela Escola de Polícia de Berlim.

A característica típica é a barba áspera e sobrancelhas arqueadas que cobrem ligeiramente os olhos.

Sua pelagem é dupla, com pêlo curto, duro de arame, áspero, denso com subpêlo denso. Na cabeça e orelhas mais curto.

A cor é preto sólido e sal-e-pimenta. O sal-e-pimenta varia de um tom médio, igualmente distribuído e bem pigmentado com subpêlo cinza, variações do cinza escuro ao cinza-prata. A máscara escura é desejável.

A aparência geral é semelhante ao Standard. É um cão de utilidade, forte, resistente, destemido, resoluto, imponente e muito inteligente.

 


Voltar

 


Clique aqui.


Para retornar na sua pesquisa, clique no botão do seu Browser!