OLÁ PESSOAL
Hoje, vamos falar sobre como controlar as mordidas dos filhotes.

Desde filhotinhos, a brincadeira preferida dos cães é a luta. Os irmãos de ninhada estão constantemente se mordendo e aprendendo lições extremamente importantes.
A hierarquia está sendo definida.
Quando o filhote vai para sua nova casa, ele começa a brincar com seus novos companheiros de ninhada que agora, são seus donos. E a brincadeira é a mesma. Mordem nossa mão, atacam
nosso calcanhar, desamarram nosso tênis... Isto é muito divertido para o filhotinho e, no início,
para você também. Mas, o filhote vai crescendo, e aquelas mordidinhas inofensivas vão
se tornando um pouquinho mais fortes e a brincadeira um pouco mais incontrolável.
Desde pequeninos, os filhotes devem ser ensinados a não colocar pressão na mordida.
Devem saber que não é permitido morder nossas mãos e pés.

COMO FAZER ISSO?
o Existem diversos meios para demonstrar isso ao cão, e o método empregado irá depender do próprio temperamento do cão. Há cães que são muito sensíveis e obedecem mais rapidamente. Para esses, é só dizer um "AI" bem forte que ele irá parar de morder na hora. Mas para outros, isto será um convite para morder ainda mais, pois o seu gritinho é encarado como parte da brincadeira!!!
o Pode-se também dizer "NÃO" em uma voz firme e com o dedo indicador dar um leve tapinha no focinho do cão. Infelizmente, isto também não funciona para todos. Alguns filhotes irão achar a brincadeira demais!! Afinal, tem mais um dedinho "dançando no ar" para ele morder.
o O melhor a fazer é, quando você acariciar o cão e ele começar a morder, feche a mão e mantenha-a parada. Tenha um brinquedo tipo uma cordinha de nós á mão, ou outro brinquedo qualquer. Estimule o filhote movimentando o brinquedo na frente dele. Desta forma, ele vai esquecer da sua mão e se concentrar no brinquedo.
o Se o seu cão não for mais um filhotinho, e sim um filhotão de 4 ou 5 meses, prenda em sua coleira uma guia bem curtinha, que alcance até o meio das pernas do cão. (corte uma guia velha no tamanho desejado, ou compre um mosquetão e amarre um pedaço de cordinha). Sempre que o cão vier morder, segure na guia, puxe-a um pouco para cima e diga NÃO com voz séria. Acaricie o cão e toda a vez que ele for morder repita o procedimento, até o momento que ele entender o que você deseja. Quando ele não morder diga " ISSO, muito bem" e dê um brinquedo ou petisco a ele.

Os donos "marinheiros de primeira viagem" podem ter alguns problemas de controle com filhotes que tenham alta energia e que ainda sejam dominantes. Nesses momentos, quando o cão começa a morder sem parar, corre de um lado para o outro e volta a nos "atacar", o melhor a fazer é
colocá-lo em um local pequeno, como a lavanderia, e deixa-lo se acalmar. Os filhotes precisam gastar energia, e antes de tomar todas as vacinas, são obrigados e ficar dentro de casa. Por isso, deve-se dar estímulo mental ao cão. Brinque de bola, ensine-o a sentar para ganhar um petisco, brinque de cabo de guerra e aproveite para ensina-lo o comando LARGA. Desta forma, seu
filhotão vai jogar fora o excesso de energia e, de quebra, ainda ficar mais obediente!!

NÃO RETIRE A MÃO RAPIDAMENTE
QUANDO O FILHOTE MORDER!!
Há pessoas que, para fugirem das mordidinhas, recolhem a mão em direção ao peito, ou colocam a mão no filhote e a retiram repetidas vezes para escapar da mordida.
ISTO SOMENTE IRÁ ESTIMULAR O CÃO A MORDER MAIS. Movimentos rápidos aguçam o instinto de caça do cão e ele irá morder a sua mão mais ainda!!
NUNCA BATA
EM SEU FILHOTE!!!!!!!!!!!
Isto só fará com que ele se torne medroso ou mais agressivo, dependendo do temperamento que ele tiver.

Abraços, bom treino e até a semana que vem.

 
Onde educação se faz com diversão!
 
 
 
 
Helena A. Hestermann info@happydogs.com.br