Carrapato. O Aurélio o define como "Animal artrópode, aracnídeo, acarino, da família dos ixodídeos, de abdome unido e confundido com o cefalotórax, aberturas traqueais na parte posterior e ventral do corpo e hipostômio armado de espinhos. As larvas são hexápodes. Vivem como ectoparasitas de vertebrados". Existem ainda do dicionário alguns tipos mais específicos como carrapato-das-galinhas, carrapato-de-boi, carrapato-de-cavalo, carrapato-de-sapo, carrapato-do-chão, carrapato-do-mato, carrapato-estrela, carrapato-fogo, carrapato-pólvora, carrapto-redoleiro, que não vale a pena nem definir. Eu o defino simplesmente como um bichinho perigoso e difícil de exterminar, uma verdadeira praga, uma peste do fim dos tempos, uma das mais nobres invenções do diabo, um grave problema para criadores, uma porta para o inferno.....

   Tive que dar um tempo pra tomar água e esfriar os ânimos que eu já estava perdendo o controle, mas é que estes filhos da Piiiii.., molestadores do sangue alheio, aniquiladores da paz canina, felina, bovina, suína, caprina, ovina, surdina, terebintina, cocaína, xilocaina, cafeína......

   Mais calmo novamente...

   O fato é que o carrapato é mesmo um sério problema. Além do desconforto, dos problemas de pele, as doenças que eles transmitem aos animais como as tais Babesiose e Erlichiose ( até o nome é esquisito - tenho um amigo que chama de isliquiose) são de matar. Literalmente de matar . Por isso realmente o assunto "não é brinquedo não". E para quem mora em regiões quentes estes monstrinhos são de botar medo em qualquer Zé do caixão.

   Aqui em casa os carrapatos já me deram vários desgostos, cheguei até a perder cães por conta deles, mas também fizeram com que eu ganhasse duas cadelas. Uma Vaimaraner ( escrito assim mesmo já que não é lá essa pureza toda) que atende pelo singelo pseudônimo de "musga" - ela é de uma cor que lembra o "verde-musgo"-, e uma Braco Alemã belíssima que atende, pelo nome de registro, mas não menos estranho de Utta. Eu disse Utta, sem o P. Todas elas vieram parar em minha casa por causa de uma peste de carrapatos nas suas antigas residências. E viva os carrapatos.

   O caso Musga foi o mais interessante. Eu tinha uma pseudo Pet shop, e um cidadão nos trouxe uma coisa que ele dizia ser uma cadela infestada por carrapatos. Só não tinha carrapato no céu da boca e no fundo do olho, nos outros fundos, bocas e buracos era uma peste só. Tratamos a coitada e ficamos a espera do dono que tinha nos pedido uma semana para que a gente repetisse o tratamento e para que ele conseguisse exterminar com os bichinhos na sua residência. Passou sete dias, depois mais sete e mais sete, e nada do dono chegar. Ai eu não pensei sete vezes, levei ela lá pra casa onde está até hoje. Ela e os seus 9.389 carrapatos (brincadeirinha, eu já matei uns 89). Até hoje o dono nunca foi pegar, nem nunca perguntou por ela. Ela era, para ele, apenas um "foco" de carrapatos. É uma pena que ainda haja pessoas que pensem assim. É assim mesmo, se existem carrapatos, por que não existir gente assim.

   Mas eu resolvi tomar uma atitude, Afinal eu sou criador de cães ou de carrapatos???? . E parti para o ataque, é banho disso, banho daquilo, veneno assim, veneno assado, grelhado e gratinado... e nada. Os danadinhos sempre voltam.

   Ai eu conheci a tal "Vassoura de fogo". Me senti meio bruxo quando resolvi aderir ao novo método. Mas trata-se simplesmente de um lança chamas, com o qual você queima todo o local infestado, lembrando-se á claro de tirar os cachorros do local antes e de não usar sobre os mesmos, a não ser que você queira entrar no ramo de cachorro-quente. (há!, há!, há!, nem eu achei graça). A outra vantagem do lança-chamas é que você exercita o seu lado terrorista. É tão bom ver aquelas criaturinhas estourando pela força do fogo, esperneando antes de queimar nas chamas do inferno, sendo reduzidos a cinzas sob o seu domínio.....

   Pausa para calma novamente...

   O grande segredo está em saber, que na maioria dos casos, carrapato é como o fluxo de marés, ora se está cheio deles, ora sem nenhum, mas nunca permanece por muito tempo da mesma maneira. A prevenção e um trabalho constante para quebrar o ciclo de vida das pestinhas é o melhor remédio.

   Sem querer ser dono da verdade e sem nenhum embasamento teórico ou estatístico, acho que a junção Carrapaticida X Fogo periodicamente, é a melhor solução. Lembrando sempre que carrapaticida é veneno, agride a natureza, a saúde dos animais e das pessoas. E ter como lema: Jamais subestime o bichinho. Ele é capaz de coisas que até Deus duvida.

   Existem até lendas de carrapatos que esperam anos em cantos de parede, disfarçados de sujeira, até que num passo de mágica eles se lançam com furor sobre o lombo dos indefesos hospedeiros; de outros que se escondem em frestas e rachaduras aparentemente inocentes, mas que por dentro escondem verdadeiras cidades de carrapatos. São cavernas subterrâneas e intra-paredais, que abrigam milhares e até milhões desses bandidos, comandados por um carrapato-mor, que segundo me contou um criador de 1ª viagem, recebe ordens diretas de carrapatama-bin-ladem, o mais perigoso de todos os hemato-terroristas.

   Se você acha que eu andei fumando um carrapatinho do capeta, digo, cigarrinho do capeta e que estou viajando na maionese, você ainda não viu nada. Olhe só a pérola que eu encontrei na internet. O site http://www.criptoagronomia.cjb.net , traz nada mais, nada menos que uma entrevista com um carrapato - "Uma conversa franca com o carrapato mais estrela de todo o mundo" (http://www.ciagri.usp.br/~tlromane/edicao2/entrevista.html)- e pasmem, na seção Pecuária a "Carrapaticultura Tropical Hidropônica" (http://www.ciagri.usp.br/~tlromane/edicao1/carrapato.htm) , com técnicas para a criação do simpático aracnídeo. É simplesmente demais, na entrevista tem até foto da eternização do carrapato na calçada da fama em Hollywood.

   Acho melhor, eu enviar logo esta crônica para o pessoal do site, antes que algum carrapato-ninja chegue e...... Oh! não....... Socorro...... glub, glub.......ajkdnm... jfdjm,l....

Renato Vilar de Lima
Criador de Carra, digo Cocker Americano
e eterno exterminador de carrapatos
Natal - RN
e-mail - renatovilar@yahoo.com.br
Ps.: Quem tiver alguma técnica nova para acabar com este problema, por favor, me envie.